Está na hora de Santa Teresa sorrir!

 

Bem Vindos!

A história de Santa Teresa se confunde com a própria história da cidade do Rio de Janeiro. Situada no Morro do Desterro, no século XVIII servia de rota de fuga para escravos, através da densa floresta que recobria o morro – assim chamado porque Antonio Gomes do Desterro foi o primeiro habitante da região.

Em 1723, após a construção do Aqueduto da Carioca (Arcos da Lapa), levando água ao bairro, o Convento de Santa Teresa – da Ordem das Carmelitas – se instalou no sopé do Morro. A presença do Convento no bairro era tão marcante que a região passou a ser chamada de Santa Teresa.

O aqueduto também intensificou a ocupação do bairro – muitas famílias abastadas se mudaram para a região, procurando a temperatura mais amena do alto do morro e fugindo ao calor das partes mais baixas da cidade.